Carro Que Funciona A Ar Comprimido Chega Este Ano

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Carro Que Funciona A Ar Comprimido Chega Este Ano

Mensagem por Blacksnake em Seg Fev 04, 2008 6:51 am



Um carro que funciona a ar? O que parecia utópico prepara-se para se tornar realidade quando a criação do Francês Guy Negre chegar às estradas Europeias, ainda este ano.

Depois de 14 anos de estudo e desenvolvimento, Guy Negre criou um veículo equipado com um motor que funciona a ar comprimido (Compressed Air Technology) capaz de percorrer 300 km com um custo de apenas 1 euro e zero emissões poluentes.

Com os preços do petróleo numa escalada vertiginosa e uma forte pressão sobre os construtores no sentido de aumentar a eficiência energética dos automóveis, Negre considera ter chegado a altura certa para o avanço da sua ideia. "É evidente que com o petróleo a 100 dólares o barril, as pessoas vão começar a pensar em novas soluções ", disse Negre à Reuters, na sede da sua empresa, a MDI, localizada perto de Nice, no sul de França. "O meu carro apresenta zero emissões poluentes", acrescentou, afirmando que o veículo poderá percorrer 100 quilómetros, com um custo de um euro de combustível.

A invenção deste antigo engenheiro da Formula 1 depende da pressão do ar para mover os pistões, o que por sua vez contribuem para comprimir o ar novamente num reservatório. Para ser ter uma ideia da simplicidade da sua invenção, o conceito é composto por três fases: a.) Fase de compressão: no motor o ar atmosférico é comprimido até uma pressão de 20 bar e fica transformado em ar quente a 400 ºC; b.) Fase de injecção do ar: assim que o pistão pára, o ar comprimido dos cilindros é injectado no espaço do motor onde está o ar quente; e, c.) Fase de
expansão: o ar é injectado, criando uma maior pressão activando o motor. A ideia é muito simples: o primeiro pistão absorve e comprime o ar atmosférico. O ar desloca-se para uma câmara esférica onde é injectado a alta pressão pelos cilindros. A expansão da mistura do ar
atmosférico mais o ar comprimido move o pistão que gera a energia do veiculo. Além disto, o ar que sai pelo cano de «escape» regista uma temperatura entre 0ºC e 30ºC negativos permitindo, assim, a sua utilização no próprio sistema de ar condicionado do carro. Como complemento, este motor conta também com um motor eléctrico, que deverá ser recarregado periodicamente, de forma a manter elevada a pressão do ar. As garrafas de ar comprimido - semelhantes às utilizadas pelos mergulhadores - podem ser recarregadas ou substituídas em poucos minutos. Devido a ausência de combustão e de resíduos, a troca de óleo (1 litro de óleo vegetal) ocorre a cada 50.000 km. Segundo o criador, esta invenção terá um custo de pouco mais de 2 euros por cada 250/300 km percorridos.

A pensar na autonomia, a MDI construiu uma série de protótipos de motores e veículos que incluem outras opções de combustível como o etanol ou bio-diesel, de forma a alargar a autonomia para quando não estiver próximo de uma tomada eléctrica ou estação de serviço.

Este veículo, protegido por cerca de 50 patentes, vai custar entre 3500 e 5300 euros. Ao utilizar materiais compósitos, não irá pesar mais de 330 quilos e terá uma velocidade máxima de 150 quilómetros, nas versões mais potentes. Para que este conceito não passe de mais uma ideia, já existem quatro modelos (MiniCAT's) em produção: um táxi, inspirado nos clássicos ingleses, actualmente a circular em Londres numa fase experimental; um veículo comercial, uma
Pick-up e finalmente, um modelo familiar com configurações diferentes. Para breve, está previsto uma gama denominada OneCAT, que irá incluir as mais diversas variantes como um descapotável (ver fotos em anexo).

A Tata, que nos últimos tempos tem andado nas bocas do mundo pelos mais variados motivos, desde a compra das marcas Britânicas Jaguar e Land Rover, passando pela construção do carro mais barato do mundo, celebrou entretanto um acordo com Negre, investindo 20 milhões de euros para utilizar o seu conceito nos seus modelos. Com isto, a produção será alargada à Índia, a partir de meados deste ano.

Quando forem lançados, até ao final do ano, os modelos terão um preço previsto entre os 3500 euros da versão base e os 5300 euros da versão standard. Para saber mais visite o website oficial da MDI, em www.motordeaire.com

_________________
Lifes just a blast its movin really fast, better stay on top or life will kick you in the ass!! by Limp Bizkit
avatar
Blacksnake
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 663
Data de inscrição : 11/10/2007

Ver perfil do usuário http://perfect-share.big-forum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum